26 de abr de 2012

Onde foi que eu errei?

Share on Tumblr

  Texto retirado do livro "Melhor do que comprar sapatos" de Cristiane Cardoso

  É aquela velha história: O rapaz conhece uma moça e esta se apaixona por ele e, para provar que o seu amor é verdadeiro, ela tem que dormir com ele. Com medo de perder o rapaz dos seus sonhos, se entrega, e ele, depois de algum tempo, a troca por outra. E aquela que antes era apenas uma jovem, agora é uma futura mãe.
  Durante algum tempo, ela até evita se relacionar com outros rapazes, pois está magoada demais. Mas, passados aqueles momentos, se apaixona novamente e, desta vez, jura a si mesma que nunca vai perdê-lo. Então, acontece tudo de novo: O mundo desaba sobre sua cabeça e acaba sozinha mais uma vez. Aí ela se pergunta: "O que minhas amigas vão pensar de mim?" ou "O que a minha família vai dizer desta vez? Deve haver algo de errado comigo!" Enquanto ela se entregar a qualquer um que aparece no seu caminho, sempre haverá algo de errado com ela. A sua vida íntima, que deveria ser preservada, passou a estar à disposição de qualquer um que bata à sua porta!
  O sexo é o que existe de mais íntimo e pessoal num relacionamento entre duas pessoas, e por isso, não deve ser feito com qualquer homem ou namorado. O ato sexual é a aliança que faz com que um homem e uma mulher se tornem um só corpo após o casamento. Quando uma moça tenta estabelecer esta aliança com alguém que não seja seu esposo, além de não se tornarem um só corpo, ainda acabam separados por causa da insensatez e da carnalidade de tal relacionamento.
  Muitas mulheres não se dão conta da importância do sexo após o casamento. Elas pensam que se trata apenas de um desejo carnal simplesmente forte demais para ser controlado. Só que, na verdade, o que a sua carne deseja não é o sexo em si - o que ela mais quer é ter o homem dos seus sonhos a qualquer preço. O sexo é apenas uma arma.
  Hoje em dia, o sexo está em toda parte: nos filmes, nos programas de televisão, etc. Todo o mundo comenta, todo o mundo canta sobre, mas poucos entendem o seu verdadeiro significado e valor, pois foi criado pelo Próprio Deus. Ele criou o relacionamento sexual para que homem e mulher pudessem se tornar um só corpo para o resto da vida, da mesma forma como o Pai, o Filho e o Espírito Santo são Um. Essa união é grandiosa, e Deus nos deu o privilégio de desfrutar de uma união semelhante através desse compromisso verdadeiro chamado casamento.
  A moça pode até sonhar com o seu príncipe, mas se ela não se comportar como uma princesa, como poderá encontrá-lo? Uma princesa, pelo menos antigamente, se guardava para aquele com quem viria a se casar, que geralmente era alguém escolhido por seus pais. Ela crescia aprendendo tudo sobre como ser uma boa esposa e mãe. Quando chegava o tão esperado dia do casamento, ela se vestia de branco - não porque era costume - mas porque representava a sua pureza. O mesmo deve acontecer com a mulher que teme ao Senhor. Ela deve gastar o seu tempo se preparando para o seu futuro marido, aquele que Deus escolheu para ela. O dia do seu casamento é definitivamente o dia mais especial de sua vida, não apenas por marcar o início de um compromisso que vai durar por toda a vida, mas também porque irá se tornar um só corpo com o seu príncipe naquela mesma noite!
  Toda vez que você for pressionada a manter relações sexuais com o seu namorado, lembre-se: Se ele a está pressionando é porque não é a pessoa certa para você; se fosse, então ele guardaria esta ocasião tão especial para quando se tornassem um só corpo!

4 de abr de 2012

Você sabe o que está usando?

Share on Tumblr

  A moda traz diversos símbolos que se você pesquisar verá que a maioria é contrária a Palavra de Deus. E no momento o que está fazendo a cabeça de muitas mulheres, meninas e até de homens, são as famosas pulseiras Shambala, mas você sabe o significado delas?
  As pulseiras foram criadas por uma joalheria dinamarquesa e o seu design foi inspirado no terço budista e representa a união do homem com as energias cósmicas simbolizadas por um lugar sagrado chamado Shambala, um reino místico, que acredita-se que seus habitantes sejam seres iluminados. A função das tais pulseiras é afastar os fluidos negativos, trazendo paz, tranquilidade e proteção.
  Elas são lindas, mas o seu significado não condiz com a palavra de Deus. Muitas pessoas (cristãs ou não) vão dizer que o significado não tem nada a ver e que estão usando mesmo só porque elas são bonitas e tal...
  Mas pra mim o significado tem muito a ver sim, já que o propósito da minha vida é fazer a vontade de Deus e andar segundo a Sua Palavra.
  E você o que pensa a respeito das pulseiras? Dê a sua opinião.